O seu browser nao suporta javascript. Verifique as suas defenições. google
|
Área do Voluntário
|
Notícia Escola Secundária de Loulé monitoriza Ribeira do Cadouço A Escola Secundária de Loulé continua este ano a desenvolver o projecto Voluntariado Ambiental para a Água. A motivação dos alunos e das professoras envolvidas, possibilitou uma participação activa de cidadania da comunidade escolar, que se traduziu na monitorização voluntária da qualidade ecológica da água da Ribeira do Cadouço em dois locais, na recolha do lixo na ribeira e na realização de palestras e exposições sobre o trabalho realizado.


O objectivo foi determinar o estado ecológico dos ecossistemas amostrados nesta ribeira, a partir da monitorização de macroinvertebrados bentónicos, fazer a comparação da qualidade ecológica da água em relação ao ano anterior e sensibilizar os alunos, para a importância do voluntariado ambiental na conservação e sustentabilidade dos ecossistemas das ribeiras existentes no Concelho de Loulé e de um modo particular na monitorização voluntária da Ribeira do Cadouço.

No dia 29 de Abril de 2011 a turma do 10º G do Curso de Ciências Económicas e Sociais da Escola Secundária de Loulé, e as Professoras Fernanda Martins e Ondina Farias procederam à colheita, identificação e análise dos macroinvertebrados bentónicos (MIB) na Ribeira do Cadouço, no Sítio da Parrela, em Loulé.

Esta equipa verificou que se registou uma melhoria significativa face aos resultados obtidos na Primavera de 2010. Os MIB encontrados no ano passado e os respectivos níveis de sensibilidade mostravam que o troço Parrela tinha uma qualidade ecológica da água que correspondia ao “Estado Mau”, tendo-se verificado, na altura, a existência de ligações directas de esgotos para a ribeira. Pelo contrário, na saída de campo deste ano, a água apresentava-se límpida e sem cheiro e não foram encontradas escorrências de esgotos. Apareceram significativamente os “Bons” Plecópteros e foi possível confirmar uma melhoria significativa da qualidade ecológica da água, correspondente a uma classificação de “Estado Bom” e a um baixo nível de perturbações antrópicas.

As turma A e B do 12.º ano e as professoras Ana Marta Fernandes, Margarida Silva, Magda Dias e Carla Rêgo desta Escola efectuaram também nos dias 10 e 20 de Maio, a recolha dos macroinvertebrados bentónicos de água doce, num outro troço da Ribeira do Cadouço, mais a jusante do primeiro local monitorizado pela primeira equipa. Após a análise das duas amostragens verificou-se que o estado ecológico da água deveria ser considerado de “Razoável”, visto terem sido encontrados organismos muito tolerentes à poluição, nomeadamente os Quironomídeos.

De referir que a Escola concorreu ao Prémio Fundação Ilídio Pinho "Ciência na Escola" com o trabalho “Os macroinvertebrados bentónicos como bioindicadores de água doce” realizado, no âmbito do projecto Voluntariado Ambiental para a Água. O projecto foi seleccionado e apoiado financeiramente por esta instituição, cujo Fundador tinha como máxima que “só através da concretização de iniciativas próprias é possível reunir a participação activa de todos os indivíduos na construção de uma sociedade moderna e desenvolvida”.
|
<<|<|Setembro 2019>|>>|
STQQSSD
26|27|28|29|30|31|1|
2|3|4|5|6|7|8|
9|10|11|12|13|14|15|
16|17|18|19|20|21|22|
23|24|25|26|27|28|29|
30|1|2|3|4|5|6|
Seiva | 25 SET (Le...Data: 25 de Set.

Ver Mais|
© 2019 Copyright APA IP-ARH do Algarve|. todos os direitos reservados
© 2014 Copyright APA IP-ARH do Algarve|. todos os direitos reservados